Links de Acesso

Activistas detidos na Lunda Sul

  • Coque Mukuta

Manifesto Jurídico do Protectorado das Lundas

Manifesto Jurídico do Protectorado das Lundas

Os detidos são acusados de tentar separar uma parte do território angolano.

Dez activistas da Lunda Sul, pertencentes ao Manifesto Jurídico Sociológico do Povo Lundês, foram detidos no último Domingo, revelou um dirigente local da organização.

Beto Adilson Kassoca, delegado-adjunto daquele movimento, no Município do Saurimo, na Lunda Sul, disse que os activistas foram detidos a mando da administradora de Cacolo, Fátima Insaso.

Trata-se dos activistas Rodrigués Massonde, José Samotondeno, Evaristo António, Candido Candimba, António Seulo, Joaquim Watxitomba, Yuri Fernando, Constantinho José, Domingas Rejina e Marques Coxi.

Segundo Kassoca, os detidos são acusados de tentar separar uma parte do território angolano.

“Dizem que nao podem perturbar as nossas populações com essa nossa politica de que a Lunda é Lunda, Angola é Angola” afirmou.

O Manifesto Jurídico Sociológico do Povo Lundês é uma das duas organizações que defende a autonomia do território. O outro é o Movimento do Protectorado da Lunda Tchokwe.

XS
SM
MD
LG