Links de Acesso

Activistas defendem democracia em Angola sem José Eduardo dos Santos

  • Manuel José

Oposição desafiada a unir.

Membros do auto-denominado Movimento Revolucionário Angolano enviaram recados ao Presidente da República dizendo que a libertação do povo angolano está para breve.

No dia em que José Eduardo dos Santos assinala 37 anos no poder, os activistas dizem acreditar que só haverá democracia quando Santos deixar o poder e também apontaram o dedo à oposição.

O activista Emiliano Catumbela diz que já faltou muito mais tempo e que agora a verdadeira libertação do povo angolano do que considera regime ditatorial está para breve porque “o seu regime vai cair mesmo”.

Por seu lado, Albano Bingo Bingo, um integrando do grupo dos 17 activistas, pediu a José Eduardo dos Santos que não seja cego nem surdo e que acompanhe a dinâmica dos tempos.

Bingo Bingo aproveitou endereçar igualmente um recado a oposição: “É difícil entender quando organizações da sociedade civil e partidos políticos dizem que vamos consolidar a democracia em Angola, não se consolida algo que não existe, em Angola a democracia deve ser plantada e cultivada por enquanto não temos nada tudo é só falacia, não existe democracia''.

Outro recado direcionado aos partidos na oposição foi endereçado por outro integrante dos 17, Arante Kivuvu, para quem a ditadura em Angola só cai com a união de todos.

''Chamo atenção aos partidos políticos na oposição que devem pensar na união a exemplo de Portugal, Venezuela para derrubar as ditaduras ou governos com muitos anos de poder, enquanto não houver união entre os partidos na oposição e estes manterem a ganancia entre eles nunca se vai derrubar a ditadura em Angola'', defendeu Kivuvu.

Por sua vez, Manuel Nito Alves considera a longevidade de José Eduardo dos Santos no poder em Angola um cancro para os angolanos, “é muito tempo, em Angola se não tirarmos esta gente que detém o poder nunca teremos uma verdadeira democracia''.

José Eduardo dos Santos completa hoje 37 anos desde que tomou posse como Presidente da República.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG