Links de Acesso

Activista angolana acusa agentes secretos de perseguição

  • Coque Mukuta

Laurinda Gouveia

Laurinda Gouveia

Laurinda Gouveia foi interrogada hoje pelos Serviços de Investigação Criminal.

A activista Laurinda Gouveia, brutalmente espancada por elementos da polícia no passado dia 23 de Novembro, disse que está a ser perseguida por indivíduos não identificados e afirma temer pela sua vida.

“Eu acredito que são homens do Sinfu actual Sinse”, acusou a activista.

Laurinda Gouveia diz desconhecer as intenções dos homens que a perseguem, mas afirma que está preocupada e teme pela sua vida.

“Eles querem ameaçar a minha vida”, revelou, depois de ter estado nesta quinta-feira, 6, nos Serviços de Investigação Criminal por alegadamente ter participado nas reuniões dos activistas que integram o autodenominado Movimento Revolucionário.

XS
SM
MD
LG