Links de Acesso

Académicos discutem em Malange acesso a redes universitárias europeias

  • Isaías Soares

Participantes nas II jornadas da Escola Superior Politécnica

Participantes nas II jornadas da Escola Superior Politécnica

O evento reuniu durante cinco dias no anfiteatro da Faculdade de Medicina local cerca de 160 conferencistas de vários países.

A possibilidade de universidades angolanas terem acesso às redes digitais de universidades europeias foi abordada durante as refente jornadas tecno cientificas em Malanje

Professor Dr José Carlos Tiago de Oliveira - universidade de Évora

Professor Dr José Carlos Tiago de Oliveira - universidade de Évora

O professor da cadeira de Matemática da Universidade de Évora, Portugal José Carlos Tiago de Oliveira, prelector nas jornadas, admitiu a “possibilidade disponibilizar ao povo angolano e aos seus intelectuais centros de recursos digitais na área de história e filosofia e das ciências”.

Oliveira disse que nas redes universitárias da Europa e Ásia, sob sua coordenação no âmbito da União da Europeia, está em carteira a abertura de “novos concursos para os países de África, Caraíbas e Pacífico, e em Angola a Universidade Agostinho Neto já está numa dessas redes com a Universidade do Porto”, garantindo a criação de mais redes com a Universidade de Évora e com a Escola Superior Politécnica de Malanje.

O evento reuniu durante cinco dias no anfiteatro da Faculdade de Medicina local cerca de 160 conferencistas, do Brasil, Cuba e Portugal que se associaram às discussões em torno do estado da educação em Angola, contributo das ciências para o desenvolvimento e os caminhos do futuro para a República de Angola.

Ouça a reportagem aqui:

XS
SM
MD
LG