Links de Acesso

Abel Chivukuvuku acusa MPLA de querer assassiná-lo

  • Manuel José

Abel Chivukuvuku

Abel Chivukuvuku

Líder da Casa-CE diz que dinheiro do povo vai para os "manos velhos" do Governo e Isabel dos Santos.

O presidente da Casa-CE acusou o MPLA, no poder em Angola, de estar a preparar uma estratégia para eliminar fisicamente algumas figuras políticas, entre elas ele próprio.

Ao discursar numa visita de campo à comuna do Benfica, município de Belas, em Luanda, Abel Chivukuvuku teceu duras criticas ao Executivo de José Eduardo dos Santos, a quem responsabilizou pela crise que afecta os angolanos.

"No dia 11 deste mês houve uma reunião entre dirigentes do MPLA e da Segurança do Estado na qual decidiram que, como o Abel Chivukuvuku anda muito com o povo, vamos já o lixar, vamos lhe dar", denunciou o político.

Segundo Chivukuvuku "são as próprias pessoas que participaram nesta reunião que vieram nos informar e nos alertar da intenção de me assassinar”, e advertiu não ter medo.

O presidente da Casa-CE terminou a sua visita com um discurso no mercado do Kifica onde teceu severas criticas à governação de José Eduardo dos Santos que, para ele, é o responsável pela crise que os angolanos atravessam.

"Só há crise exacerbada porque não querem acabar com a corrupção, com a má gestão e os desvios, porque o dinheiro aplicado nesta corrupção poderia muito bem atenuar os efeitos da crise”, acusou Chivukuvuku, dizendo não poder aceitar que não haja dinheiro para pagar professores, ex-militares reformados e desmobilizados.

Na ocasião, perguntou onde está o paradeiro do dinheiro povo, para ele mesmo responder: “Está a ir para o bolso dos mais velhos que estão no Governo, a nossa irmã Isabel é a mulher mais rica de África, de onde tirou o dinheiro? Dos nossos bolsos. José Eduardo dos Santos alguma vez veio aqui vos ver? Conhece o vosso sofrimento? Como é que ele vai resolver o vosso problema se ele não o conhece", concluiu o presidente da Casa-CE.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG