Links de Acesso

Ahmadinejad Visita Oficialmente o Zimbabwe


Ahmadinejad Visita Oficialmente o Zimbabwe

Ahmadinejad Visita Oficialmente o Zimbabwe

<!-- IMAGE -->

O presidente do Irão, Mahmoud Ahmadinejad , chegou a Harare, quinta-feira, para um a visita oficial e para inaugurar a feira comercial internacional na segunda cidade zimbabueana, Bulawayo.
O Zimbabwe e o Irão mantêm estreitas relações diplomáticas, estando o Presidente Ahmadinejad, do Irão, a ser alvo de boas vindas de herói no Zimbabwe, com cartazes sobre o evento em postes telefónicos e árvores ao longo das ruas da capital zimbabueana, Harare.
Tem sido raro para o Zimbabué receber líderes internacionais neste estilo nos últimos 10 anos, sendo Ahmadinejad o primeiro presidente não-africano a inaugurar uma feira comercial anual no país, desde 1980.
Pouco depois da sua chegada, Ahmadinejad foi visitar a instalação têxtil e outras actividades comerciais iranianas no sector industrial zimbabueano, em declínio.
A feira comercial que o presidente iraniano vai abrir esta sexta. Feira, não passa presentemente de um mercado de produtos de consumo domestico, enquanto muitas indústrias internacionais têm evitado o mercado zimbabueano e as suas feiras, em particular, desde que a economia local começou a resvalar, há 10 anos atrás.
O Presidente Robert Mugabe decidiu unilateralmente convidar o líder iraniano, sem consultar primeiro o seu parceiro no governo de unidade nacional, Morgan Tsvangirai, do Movimento para a Mudança Democrática. Tsvangirai que descreveu a visita de Ahmadinejad como sendo “um escândalo político colossal”.
O Movimento para a Mudança Democrática disse que Ahmadinejad subiu ao poder através de uma legitimidade duvidosa, no rescaldo da sua controversa vitória eleitoral em Junho passado, enfrentando a pena de morte 10 políticos da oposição que puseram em dúvida os resultados da sua vitória presidencial no Irão.
Tsavangirai adiantou que Mugabe partilha dos mesmos valores que o líder iraniano.
Por sua vez, os advogados zimbabueanos dos direitos humanos afirmaram estar preocupados que o Zimbabué esteja ainda interessado em ligações de amizade com regimes repressivos quando, pelo contrário, deveria cerrar fileiras com governos progressivos.
Por outro lado, o único diário zimbabueano, o “Herald”, de Harare, que apoia o Partido ZANU-FP, de Mugabe, disse que o ocidente já tentara ameaçar, tanto o Irão como o Zimbabué com uso de armas de destruição em massa.
O periódico disse ainda ser plano do líder iraniano fortalecer laços comerciais e de investimentos com o Zimbabué.

XS
SM
MD
LG