Links de Acesso

Angola é “Parceiro Estratégico” dos EUA – William Burns


Angola é “Parceiro Estratégico” dos EUA – William Burns

Angola é “Parceiro Estratégico” dos EUA – William Burns

O sub-secretário de estado americano para assuntos políticos William Burns avistou se em Luanda com o Presidente Eduardo dos Santos. Antes disso Burns assinou um acordo bilateral sobre ligações aéreas entre os dois países acordo esse que o diplomata americano disse vai abrir novas possibilidades no relacionamento entre os dois países.
Em declarações feitas à saída do encontro com Eduardo dos Santos, William Burns tornou clara a importância que Washington dá as suas relações com Angola mas ao mesmo tempo indicou, ainda que termos muito diplomáticos, preocupações americanas com questões como a corrupção e falta de transparência.
Burns disse que os Estados Unidos e Angola estão a avançar para a assinatura de um acordo de comércio e investimento, sublinhando que as oportunidades de negócios e investimentos estão a aumentar em Angola.
Mas Burns acrescentou que há outras preocupações americanas:
“Nós queremos também trabalhar em vias que possam apoiar os interesses de Angola e dos angolanos na edificação de uma maior transparência e responsabilização do governo,” disse o diplomata americano.
Este foi aliás um tema a que Burns voltou a fazer referência quando interrogado sobre quais as preocupações de Washington para com a situação em Angola.
“Nós reconhecemos que para além de todas as oportunidades que existem Angola tem pela frente muitos desafios: Tem o desafio de melhorar as condições de saúde e combater as doenças infecciosas; o desafio de combater a corrupção e encorajar uma maior transparecia”, disse.
O sub-secretário de estado americano frisou no entanto que os Estados Unidos consideram Angola como um dos seu s principais parceiros em África. William Burns fez notar que Angola é um dos únicos três países africanos com quem os Estados Unidos lançaram diálogos de parceria estratégica e acrescentou:
“Nós reconhecemos o papel muito importante que Angola desempenha na promoção da paz e estabilidade e estou agradecido pela oportunidade que tive em discutir com o presidente as formas em que podemos trabalhar em conjunto para ajudar a resolver os conflitos regionais e encorajar uma maior estabilidade na região.”
Burns vai ainda visitar outros países africanos entre os quais Cabo Verde.



XS
SM
MD
LG