Links de Acesso

Índia Aumenta Investimentos em África


Índia Aumenta Investimentos em África

Índia Aumenta Investimentos em África

<!-- IMAGE -->

A companhia Bharti Airtel, a maior companhia de telecomunicações da Índia anunciou esta semana ter comprado as operações em África de uma companhia do Kuwait. A compra - de vários milhões de milhões de dólares - constitui o maior envolvimento da Índia em África no que é visto por muitos como um sinal que África é agora um dos objectivos de muitas das companhias indianas que procuram expandir os seus negócios.
O acordo de 10 mil e 700 milhões de dólares para a compra das operações africanas da companhia Zain do Kuwait pela Bharti Airtel constitui a maior aquisição em África por uma companhia indiana. A compra vai dar á companhia indiana uma presença em 15 países africanos.
O acordo foi alcançado dois anos após a companhia indiana ter iniciado a procura de oportunidades em África – um dos mercados mundiais de menor desenvolvimento em termo de telecomunicações.
A compra dá á companhia indiana, a maior do sul da Ásia, um potencial de 42 milhões novos clientes.
Os 15 países em que vai operar constituem desafios diferentes para a companhia. A Bharti espera que o seu modelo de tarifas baixas e alto volume sirva para a colocar como um dos principais intervenientes empresariais de telecomunicações no contente africano onde apenas um terço da população tem telefone celular.
O fundador e presidente da Bharti Sunil Mittal está confiante que vai ter sucesso e descreve África como um continente de esperança e oportunidade.
“Isto é algo em que nós há muito acreditamos e que há vários anos estávamos a tentar adquirir. Estamos satisfeitos de chegarmos a África com uma companhia muito importante e bem visível”, disse
Analistas empresariais afirmam que a percepção de que África é um mercado de risco está a mudar. Entre outras coisas o crescimento económico está a subir em várias nações africanas e tal como a Índia muitos países africanos têm uma grande classe média.
Analistas afirmam que muitas companhias indianas á procura de oportunidades para além dos tradicionais mercados do ocidente, estão agora a ter África em consideração.
O facto das empresas indianas estarem habituadas a funcionar num ambiente de baixos custos torna-as - de acordo com alguns analistas - particularmente viáveis para África.
Para além disso as empresas indianas estão também habituadas a terem que lidar com enormes obstáculos burocráticos não se intimidando com a burocracia que existe em muitos países africanos.
Os investimentos indianos em África estão actualmente avaliados em mais de 16 mil milhões de dólares. As companhias farmacêuticas, automóveis, tecnologia de informação e bens de consumo são aquelas que mais têm investido em África. Mas espera-se que mais companhias indianas sigam a mesma via.

Relacionados

XS
SM
MD
LG