Links de Acesso

Burkina Faso: Michel Kafando está de volta


Michel Kafando na cerimónia de regresso à Presidência, 23 Setembro 2015

Michel Kafando na cerimónia de regresso à Presidência, 23 Setembro 2015

Em resultado de protestos contra o golpe, pelo menos dez pessoas perderam a vida e mais de cem ficaram feridas.

O Presidente interino do Burkina Faso, Michel Kafando, anunciou, hoje, 23, o retorno ao posto, após ter sido deposto e detido, semana passada, por membros da guarda presidencial.

Os membros da guarda presidencial liderada pelo General Gilbert Diendere concordaram regressar aos quarteis, na sequência de um acordo mediado pelos presidentes do Senegal, Togo, Benim e Nigéria.

As tropas governamentais que se opunham aos golpistas de Diendere também retiraram-se do centro da capital Ouagadougou.

Diendere pediu desculpas à Nação pelo sucedido e prometeu entregar o poder quando isso lhe fosse pedido pelos presidentes reunidos na capital. Diendere prometera evitar a perda de vidas.

Entretanto, o Departamento de Estado americano advertiu os cidadãos americanos no Burkina Faso a deixarem o país, alegando uma indefinida situação de segurança. Recomendou igualmente que se evitem deslocações àquele país.

Na Quarta-feira passada, a guarda presidencial, liderada por Diendere, afastou e deteve o presidente interior Michel Kafando, a menos um mês das eleições.

Em resultado de protestos contra o golpe, pelo menos dez pessoas perderam a vida e mais de cem ficaram feridas.

As eleições anteriormente marcadas para 11 de Outubro deverão acontecer antes de 22 de Novembro

XS
SM
MD
LG