Links de Acesso

Ouvinte moçambicana fala sobre as preocupações de uma mãe com criança pequena em Maputo

  • Danielle Stescki

Espaço do Ouvinte

Espaço do Ouvinte

Shena Stik, de 30 anos, é casada, tem dois filhos, e trabalha na empresa de Electricidade de Moçambique, EDM. No momento, está de licença de maternidade, mas está planeando voltar a trabalhar em Setembro.

Uma das preocupações de Stik é onde vai deixar a filha de 1 ano, quando voltar a trabalhar. Pensa deixar a filha em uma escolinha, mas a ideia de contractar uma babá também é uma possibilidade. No entanto, as duas opções a preocupam.

Stik não teve nenhuma experiência negativa com escolinhas, mas diz que elas precisam melhorar mais. Uma das suas sugestões foi com relação à capacitação das pessoas que trabalham com as crianças.

Stik explica que essas pessoas têm que saber brincar, dar carinho e atenção às crianças. “A criança tem que se sentir como se estivesse com a mãe”. Outra sugestão é a contratação de mais professoras para cuidar das crianças.

Stik também comentou a criminalidade em Maputo, e descreveu a situação como preocupante. Contou que jovens desempregados que não têm o que fazer acabam se envolvendo com o crime.

Ela gostaria que o governo fizesse algo para dar uma ocupação a esses jovens para que eles aprendam a dar valor àquilo que ganham, e a respeitar a propriedade e os bens dos outros cidadãos.

Oiça a entrevista na íntegra.

XS
SM
MD
LG