Links de Acesso

ONG moçambicanas querem dirigentes sul-africanos responsabilizados pela violência

  • Redacção VOA

Robert Mugabe e Jacob Zuma

Robert Mugabe e Jacob Zuma

Marcha reuniu centenas de pessoas em Maputo contra xenofobia na África do Sul.

Três organizações da sociedade civil moçambicana exigiram hoje a responsabilização dos autores da crise no país vizinho em tribunais internacionais.

A Liga dos Direitos Humanos de Moçambique, o Parlamento Juvenil e a Comunidade Islâmica fizeram este pedido durante a marcha realizada hoje em Maputo em protesto contra a onda de xenofobia na África do Sul.

Aquelas organizações vão manifestar a sua revolta e repúdio por aquilo que acontece na África do Sul em cartas a serem enviadas aos presidentes Jacob Zuma, Filipe Nyusi e Robert Mugabe, da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral.

Centenas de pessoas participaram na marcha em que se podiam ver cartazes com mensagens de repúdio à xenofobia, tais como "[Jacob] Zuma, nós te servimos. Esqueceste?", "Abaixo a Xenofobia" e "Exigimos Justiça".

No protesto participaram algumas personalidades políticas moçambicanas, que acusaram as autoridades sul-africanas de inoperância.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG