Links de Acesso

Juiz são-tomense acusado de abuso sexual foi demitido


São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe

O Conselho Superior de Magistrados Judiciais de São Tomé e Príncipe (CSMJ) demitiu o juiz do tribunal de primeira instância Alberto Monteiro da Gomes da Silva de todas as suas funções judiciais. A demissão foi tornada pública através do despacho 6/2014, que apresenta o relatório final sobre o processo disciplinar mandado instaurar contra o juiz Monteiro, pela prática de crime de abuso sexual de criança.

O processo foi conduzido pelo próprio presidente do Supremo, José Bandeira que que ouviu a menor, a mãe e os seus avós materno e paterno, num caso que foi denunciado em primeira mão pela VOA.

XS
SM
MD
LG