Links de Acesso

Bloco Democrático em congresso de análise interna

  • Redacção VOA

Justino Pinto de Andrade e Filomeno Vieira Lopes, numa conferência de Imprensa do Bloco Democrático (foto de arquivo - patriciaguinevere.blogspot.com/)

Justino Pinto de Andrade e Filomeno Vieira Lopes, numa conferência de Imprensa do Bloco Democrático (foto de arquivo - patriciaguinevere.blogspot.com/)

O Bloco Democrático (BD), realiza Sexta-feira e Sábado a sua II convenção extraordinária para fazer “o diagnóstico da organização”, segundo declarou a Voz da América seu secretário geral, Filomeno Vieira Lopes.




O dirigente do partido da oposição angolana liderado por Justino Pinto de Andrade disse também que o momento será aproveitado para a análise da situação política do país e os obstáculo que se tem colocado ao desenvolvimento da democracia em Angola.

“Vamos traçar uma estratégia com vista a reerguer o partido a nível das comunas ao longo do próximo ano para depois traçarmos, em 2015, uma estratégia para enfrentarmos as eleições autárquicas”, declarou Filomeno Vieira Lopes.

A reunião do BD será marcada pela saída e consequente aliança à CASA-CE do antigo representante em Benguela, Francisco Viena.

O secretário geral do Bloco Democrático considera a “deserção” desta figura como sendo uma perda considerável mas sem grandes influências na estratégia do partido.

“Naturalmente que chama a atenção para a liderança ao nível de Benguela e nacional mas o partido professa uma profecia de direcção colectiva”, disse .

Ele admitiu que a saída do Francisco Viena é um pouco o reflexo da exclusão do BD das últimas eleições gerais, que terá criado “um certo descontentamento”.

Vieira Lopes disse que o partido indicou Olímpia Serqueira para substituir Francisco Viena.
XS
SM
MD
LG