Links de Acesso

Acções da policia em Luanda provocam acesa discussão

  • Manuel José

Polícia em acção no Bié

Polícia em acção no Bié

Capital é onde se regista mais casos de violação de direitos humanos

As acções da polícia angolana em Luanda causaram acesa discussão entre analistas




A jornalista e activista cívica Suzana Mendes corrobora com a conclusão do secretário de estado para os Direitos Humanos quando dizia que a capital angolana é a que mais casos de violação de direitos humanos regista.

E um dos exemplos trazidos pela jornalista tem a ver com a postura dos agentes da polícia de Luanda contra os cidadãos fazendo notar a "excessiva brutalidade com que a policia muitas vezes age com relação aos cidadãos"

Isto foi prontamente refutada pela jurista Ana Paula Godinho que disse não ser bem assim.

"Não é bem assim como as pessoas propalam também," disse

"Ainda há pouco tempo estive em Portugal e outros países da Europa, as pessoas saíram as ruas e a policia foi com paulada pra cima deles, aí ninguém diz que há violação dos direitos humanos," acrescentou.

O debate das analistas da Luanda Antena Comercial aqueceu quando Suzana Mendes rebateu a posição da jurista.

"Não é pelo facto de na Europa estarem a agredir manifestantes que nós aqui temos que suportar calados esta situação de violação de direitos humanos," acrescentou.
Mais do lado da posição de Ana Paula Godinho esteve a economista Laurinda Hoygard que chamou a atenção dos cidadãos para se preocuparem mais com os seus deveres.

"E nós vamos criar sociedade sem limites? Não é possível, há sempre limites nas actuações que temos de ter," disse

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG