Links de Acesso

SOS Habitat protesta contra demolições no Cacuaco

  • Redacção VOA

Organização pede audiência ao presidente da Assembleia Nacional

A organização não governamental SOS Habitat apresentou queixa á Assembleia Nacional sobre os últimos despejos nos arredores de Luanda que deixaram milhares de pessoas ao relento.

Rafael Morais, dessa organização, disse que as ultimas demolições no Cacuaco, tinham violado “ de certa maneira os direitos das pessoas”.

“As pessoas no Cacuaco foram levadas para um lugar baldio sem nenhuma condição,” disse Morais que acrescentou que a sua organização tinha pedido uma audiência ao presidente do parlamento para discutir a questão.

As demolições no Cacuaco provocaram protestos de várias entidades entre as quais do dirigente da Open Society que no programa Angola fala Só se mostrou indignado com o que se tinha passado.

A organização de direitos humanos, Human Rights Watch emitiu também um comunicado relatando o acontecimento e um posterior incidente em que agentes da polícia actuaram para impedir uma delegação da UNITA de se avistar com os desalojados.

Rafael Morais da SOS Habitat disse que à Voz da América que as constatações da Human Rights Watch traduzem a realidade dos factos que ocorrem diàriamente em Angola.

XS
SM
MD
LG