Links de Acesso

Pirataria aumenta ao largo da África Ocidental


O Departamento Marítimo Internacional noticiou o desaparecimento de um petroleiro ao largo da costa da África Ocidental e que se acredita ter sido sequestrado.

O Centro disse que os proprietários do petroleiro informaram ter perdido contacto com o navio no domingo, e suspeitam que tenha sio sequestrado no alto mar.

A última localização conhecida do petroleiro dava-o a 70 quilómetros a sul de Abidjan, principal cidade comercial da Costa do Marfim.

O petroleiro tem bandeira do Luxemburgo e é propriedade de franceses. A bordo tem 17 marinheiros.

A confirmar-se o sequestro será o segundo ao largo da Costa do Marfim no espaço de três semanas. No mês passado, os piratas sequestraram um navio com 5 mil toneladas de petróleo quando e preparava para descarregar em Abidjan. Os sequestradores roubaram toda carga antes de libertarem o barco e a tripulação.

A pirataria está a aumentar ao largo da costa da África Ocidental apesar de não ter, ainda, chegado ao mesmo nível da pirataria na outra costa africana, na zona da Somália.

Neste momento há avisos de possíveis actos de pirataria para navios viajando perto dos portos do Benin, Togo e Nigéria para além da Costa do Marfim. Adverte ainda para que os piratas nesta região são frequentemente violentos.

XS
SM
MD
LG