Links de Acesso

Conferência vai estudar possibilidades da economia da Guiné-Bissau

  • Lassana Casamá

Encontro vai atraír a Bissau importantes figuras da economia e finanças

Vai realizar-se em Bissau no próximo mês de Fevereiro uma conferências económica sobre a Guiné Bissau que deverá atrair aquela cidade importantes figuras do mundo económico e político.

A conferência é iniciativa do recém-criado instituto BENTEN, fundado e liderado pelo guineense Paulo Gomes, ex-quadro sénior do Banco Mundial, cujas funções mais recentes se assentam no cargo do Director Executivo do Banco de Desenvolvimento Oeste Africana para 24 países africanos.

O Fórum Economico Bissau 2013 vai realizar nos próximos dias 1 e 2 de Fevereiro.

Espera-se a presença de proeminentes personalidades africanas ou ligadas ao mundo da economia, entre as quais, o ex-presidente Nigeriano Olesegum Obasanjo, Eric Guichard, Director Geral de Gravitas Capital, em Washington, e Joe Trippi, Ex Conselheiro de Obama e Howard Dean.

Presentes estarão também dirigentes do banco da CEDAO e de outras instituições financeiras.

Paulo Gomes disse que o objectivo da conferência é “criar as bases de uma reflexão sobre a evolução da economia da Guiné Bissau e de uma forma consensual delinear as vias possíveis” para transformar a economia guineense.

“Penso que devemos pensar numa estratégia (económica) sem complexos e sem tabus para podermos maximizar as oportunidades da Guiné,” disse o economista que acrescentou que o objectivo é trazer economistas e financeiros para “verem a realidade, os nossos desafios, aquilo que faz a nossa má reputação verem as nossas oportunidades”.

Para isso, disse, é preciso também ter “uma discussão franca sobre os desafios de natureza política e de segurança a que o país face”.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG