Links de Acesso

Falta de escolas no Uige deixa milhares sem aulas


Milhares de jovens afectados

A insuficiência de salas de aulas na maior parte das infra-estruturas escolares existentes na cidade capital da província do Uíge, continua a afectar milhares de jovens a todos os níveis de ensino


Apesar do governo ter decretado ensino gratuito para o ensino primário até o II ciclo do ensino secundário, para o período 2012 a 2017, na prática isso está ser impossível de cumprir devido à falta de salas de aula.

Em diversas escolas contactamos jovens que se queixaram da falta de salas de aulas.
E os directores de algumas escolas por onde passamos confirmam as dificuldades.

“A infra-estrutura que nos alberga, uma pertença da igreja católica, e que neste momento esta em reabilitação, pelo que estamos impossibilitados de receber novos alunos,” disse um director por nós contactados que afirmou no entado estar optimista quanto à possibilidade de o governo fornecer em breve uma nova infraestrutura.

A outra dificuldade prende-se com a tardia entrega dos certificados de conclusão do ensiono secundário, por parte das direcções escolares, o que está a dificultar bastante os estudantes que pretendem ingressar no ensino superior.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG