Links de Acesso

Governador da Huíla promete diálogo e abertura a todos

  • Teodoro Albano

Senhora do Monte, Lubango (Angola)

Senhora do Monte, Lubango (Angola)

João Tchipingui diz que vai dar prioridade aosprojectos do sector social

O governador da Huíla apelou á colaboração de todos garantindo a abertura do seu governo ao diálogo.


A UNITA disse contudo que tem que haver maior consistência nos projectos do governo.

A secretária provincial da UNITA, Amélia Judite, reagia ás declarações do governador João marcelino Tchipingui que disse que a sua prioridade para 2013 vai ser o sector social com realce para a saúde, educação, água e luz.

O chefe do executivo da Huíla que sugeriu a aposta na continuidade em projectos do governo que substituiu, enumerou ainda a habitação, emprego e a assistência social como outros sectores que vão merecer atenção no ano que agora começa.

Paral tal João Marcelino Tchipingui pediu a colaboração de todos e manifestou a abertura do seu governo para o diálogo em nome da unidade de pensamento e acção.

“ Nós na província da Huíla vamos priorizar o diálogo com todos no conselho de auscultação e concertação social para garantirmos o equilíbrio e a unidade de pensamento e acção, todos devem ser integrados no processo de colocar a província da Huíla nos carris do crescimento e do desenvolvimento,” disse.

A qualidade da governação sugeriu Tchipingui, passará pela transparência e o sentido de missão dos servidores públicos que deverão estar altura dos grandes desafios de maneiras a corresponder com as espectativas da população, afirmou.

Numa primeira reacção a UNITA o maior partido na oposição na Huíla, defendeu mais consistência nos projectos do governo.

Amélia Judite, secretária provincial da UNITA

Amélia Judite, secretária provincial da UNITA

A secretária do Galo Negro, Amélia Judite, aponta fraquezas nos projectos de água e luz cujos serviços postos a disposição da população segundo ela se revelam intermitentes e sem qualidade e sugere a passagem dos discursos a projectos concretos que se reflictam na vida dos cidadãos.

“ Com o dinheiro de todos nós é necessário que o governo passe de discursos para a prática para implementar coisas que se reflictam na vida do cidadão,” disse
.
XS
SM
MD
LG