Links de Acesso

Egipto: Oposição vai protestar resultados de referendo constitucional

  • Redacção VOA

Contando os votos

Contando os votos

Apenas 32% dos eleitores votaram mas mais de 60% dos votantes terão aprovado a nova constituição elaborada por islamitas

No Egipto a coligação liberal da oposição diz que vai por em causa o referendo sobre uma constituição apoiada pelos islamitas que parece ter ganho a aprovação da maioria.

A votação em duas etapas foi marcada por baixa afluência e acusações de fraude generalizada.

Falando Domingo, membros da Frente de Salvação Nacional da oposição disseram que planeiam apresentar queixas contra irregularidades depois dos resultados oficiais do referendo serem anunciados, o que provavelmente vai ocorrer amanhã.

O processo do referendo terminou ontem com a votação em 17 das 27 províncias do Egipto.

O processo tinha-se iniciado no dia 15 de Dezembro com a votação em 10 províncias.

A Irmandade Muçulmana do presidente Mohamed Morsi disse que resultados não oficiais indicam que a nova constituição teve o apoio de 64% dos votantes nas duas rondas de votação. Na votação de Sábado 71% tinham votado a favor.

A Irmandade Muçulmana disse que a afluência às urnas foi de 32% o que a oposição diz indicar que não há um mandato popular para a constituição que foi elaborada por uma assembleia dominada pelos islamitas.

Se a Comissão Eleitoral confirmar os resultados, eleições para uma nova câmara baixa do parlamento serão realizadas dentro de dois meses.

XS
SM
MD
LG