Links de Acesso

Isac dos Anjos deu 100 dias para equipa da antiga governadora do Namibe mostar o seu valor

  • Armando Chicoca

Tomada de posse de Isac dos Anjos como governador do Namibe (VOA / A. Chicoca)

Tomada de posse de Isac dos Anjos como governador do Namibe (VOA / A. Chicoca)

Os sectores da educação e de saúde, constam no rol das prioridades do executivo do novo governador, Isac dos Anjos, ido da Huíla para o Namibe

O governador Isac dos Anjos fez saber que só os disponíveis e interessados a corresponder com os desafios da ansiedade da população nas urnas de 31 de Agosto, poderão integrar o seu executivo.

No início do seu consulado, o governante concedeu uma moratória de 100 dias aos membros do executivo cessante, para se adequarem a nova filosofia de trabalho. Os que não se adaptarem aos novos métodos de trabalho, segundo o governante, ficarão pelo caminho.

Os sectores da educação e de saúde, constam no rol das prioridades do executivo do novo inquilino do palácio do Namibe.

“Os sectores da educação e da saúde continuarão, por imperativo do desenvolvimento humano, a merecer cuidado e atenção, afim de que o Namibe reduza a sua dependência de quadros, das províncias vizinhas”, defendeu Isaac dos Anjos, governador do Namibe.

Para que este desiderato seja concretizado, o governador do Namibe, garantiu a construção de mais escolas e centros médicos de referencia na região.

“Para atrairmos quadros para estes sectores, teremos que encontrar incentivos e discutirmos ao nível da província”, reiterou o governante do Namibe.

Nas linhas de força da nova governação do Namibe, consta o aproveitamento do factor climatérico a favor dos agricultores e pecuaristas, que segundo Isaac dos Anjos, deverão ser potenciados meios, através de intervenções de acções concretas que visem tirar os homens do campo do marasmo a que se encontram e poderem contribuir na segurança alimentar da população da província.

Garantiu igualmente que o seu executivo tem como prioridades a reparação das vias de acessos do interior da província para facilitar a troca de mercadorias da população com as províncias vizinhas, com realce para o corredor fronteiriço com a República da Namíbia.

O conhecido corredor da transumância que tem o ponto de partida no Município do virei, na região sul da província do Namibe, com o destino aos Municípios de Quilengues, Província da Huila e Município de Chongoroi, Província de Benguela, vai ser potenciado com reservatórios de água, escolas e centros de saúde, para atender a população pastoril.

Ausência de escolas do ensino superior no Namibe, durante muitos anos, provocou um défice muito grande em termos de quadros que poderiam, hoje, ajudar no desenvolvimento que se pretende na província.

O novo governador, promete atrair mais quadros para o Namibe, estando em aberto discussões sobre as contribuições das varias franjas da sociedade Namibense, sobre os incentivos a serem adoptados, ao mesmo tempo criar condições para o surgimento de mais escolas do ensino superior para a formação dos jovens locais e não só, nos vários segmentos da vida pública e garantir a sustentabilidade do desenvolvimento que se almeja nesta parcela do pais.

Isaac dos anjos declarou-se governador de todos namibenses, independente das cores político-partidárias de cada um dos cidadãos, credo religioso ou manifestação cultural, mas a sociedade civil cautelosa e céptica, diz ver para crer, como em S.Tomé

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG